A Microsoft lançou um patch para prevenir ataques FREAK (acrônimo para Factoring on RSA-EXPORT Keys) ao Internet Explorer.

O MS15-031 modifica o Schannel, protocolos do Windows que acessa funções de criptografia do sistema protegendo a comunicação entre o navegador e sites utilizando SSL e TLS.

O update de segurança elimina a vulnerabilidade divulgada semana passada pela empresa, em uma velocidade sem precedentes, provavelmente por sua periculosidade e alcance a todas as versões do Windows. O ataque FREAK força o browser a utilizar padrões antigos e mais vulneráveis de segurança, mesmo eles estando desabilitados no sistema. Ele pode ser utilizado por hackers em redes wi-fi públicas como aeroportos e cafeterias.